higiene-intima-o-que-nao-fazer-depois-do-sexo

Existem muitas dúvidas sobre como deve ser feita a higiene intima após a relação sexual. Depois de fazer sexo as pessoas costumam ficar mais felizes e relaxadas, com vontade de ficar deitadas na cama por mais um tempinho. Também há aqueles que preferem partir direto para o chuveiro tomar um banho. Contudo, se não tomar alguns cuidados importantes, muitos desses hábitos podem fazer mal à saúde de suas partes íntimas.

A higiene íntima é um assunto muito importante e que deve ser levado muito a sério. Alguns hábitos simples, como tentar limpar a região íntima após a relação sexual podem ser prejudiciais. Veja o que você deve evitar nesse momento

 

A revista americana Women’s Health consultou um especialista, a ginecologista Leslie Page, para descobrir o que pode ser prejudicial às partes íntimas depois do sexo. Ela explica que durante o ato sexual, a vagina produz lubrificação e não se pode esquecer que a região é “esfregada”, por isso ela fica mais sensível e pede cuidados especiais. Veja o que não é indicado fazer após uma relação sexual:

Esquecer de fazer xixi

Quando há o contato do pênis com a vagina, algumas bactérias podem ficar na região e serem “empurradas” para a vagina, o que pode causar infecção urinária. Por isso é necessário fazer xixi depois do sexo, mas fique calma, a ginecologista esclarece que não precisa ser logo após o ato: “Você pode ter um tempinho para ficar na cama com o amado, mas esvazie sua bexiga em no máximo uma hora após a relação sexual”

Lavar as partes íntimas com sabonete

Ir tomar um banho logo após a diversão com o parceiro parece ser o mais correto a se fazer para garantir a higiene íntima. Contudo tome cuidado com isso. Leslie explica que lavar a região íntima com sabonete logo após o sexo, além de desnecessário, pode ser prejudicial: “Usar sabonete nesse momento pode levar à irritação vaginal e ressecamento na área”. Isso acontece porque, segundo ela, a pele e mucosa reagem de forma diferente aos produtos químicos presentes no sabonete no pós-sexo, por isso você pode até ter uma reação alérgica ao produto que sempre usa.

“A vagina é um órgão autolimpante e precisa ser tratada com muito, muito cuidado”, diz a especialista, “Se você não colocaria algo em sua boca, não deveria colocá-la dentro ou entorno de sua vagina”. Por isso, se precisar tomar banho depois do sexo, use apenas água.

Entrar em uma banheira quente

Uma banheira quentinha depois de fazer sexo pode parecer um ótimo lugar para relaxar, mas não para as partes íntimas. “Quando a vulva incha, em resposta aos estímulos sexuais, ela deixa a vagina mais exposta, o que representa uma maior chance de infecção”. Estar na banheira com o parceiro pode ser pior ainda. Leslie diz que assim, suas partes íntimas estão expostas às bactérias presentes na pele e ânus do parceiro, e ficar na água por muito tempo reduz a eficiência da barreira contra micro-organismos da pele.

Usar lenços umedecidos para higiene íntima

Lenços umedecidos industrializados podem ser outro vilão para a região íntima. Assim como os sabonetes, este tipo de produto pode causar irritações graças a composição que geralmente tem álcool, glicerina, perfumes e alguns óleos.

O melhor a ser usado, segundo a ginecologista, é o bom e velho papel higiênico e se desejar, com um pouco de água morna.

Dormir com lingerie

Se você decidiu apostar em uma fantasia super sexy  para a ocasião, o ideal é tirá-la para dormir, se a peça não for de algodão. “Depois do sexo, as partes íntimas tendem a estar úmidas e quentes graças à transpiração e outras secreções”, fala Leslie. Como as calcinhas sintéticas não deixam a pele respirar corretamente, você corre o risco de ter uma infecção por fungos se dormir com elas.

Xixi

Quando xixi encosta na vagina, bactérias podem ser empurradas para sua bexiga. “Isso pode resultar em uma infecções da bexiga pós-coito,” diz o obstetra Robert Lã. A sugestão dele é que você espere uma hora depois do sexo para urinar.

O médico ainda lembra que durante a relação sexual, há o inchaço e podem ocorrer pequenas lesões, deixando a pele da vulva da mulher mais sensível e propensa a infecções. Portanto, depois do xixi, outra coisa que pode ser feita é limpar da frente para trás, para evitar a propagação matéria fecal a partir do seu ânus para a zona V.

Leia também – Trilha sonora do sexo: gêneros e artistas preferidos para a hora de transar

Higiene íntima

Algumas mulheres podem sentir vontade de tomar um banho e lavar com sabão a região íntima depois do coito, mas isso é realmente desnecessário. A pele pode reagir de maneira diferente a produtos de limpeza no pós-sexo e o uso de sabão pode levar a irritação vaginal e secura”, diz Lã.

Leslie também explica que a “vagina é um órgão de auto-limpeza, que precisa ser tratada muito, muito gentilmente”. Ela sugere a seguinte comparação: “Se você não coloca em sua boca, não deve colocar na sua vagina”.

Se você quiser tomar um banho depois da relação, use apenas água para enxaguar a região íntima.

Leia mais: Mulher decide dar um tempo de um ano no casamento e conta experiência

Banheira quente

E o banho depois da relação não deve ser em uma banheira quentinha, por mais tentador que isso possa parecer. Lembrando que a vagina e a região ainda estão inchadas e sensíveis pela relação, mais uma vez isso pode facilitar a entrada de bacterias. Também não divida a banheira com o parceiro, por as bacterias do corpo dele podem contaminar você.

Brinquedinhos sexuais

O sexo foi ótimo e vocês usaram brinquedinhos para apimentar a relação. Nada de deixá-los de lado e guardá-los sujos até o próximo encontro. Antes de armazená-los, limpe os brinquedos eróticos bem para evitar a proliferação de micro-organismos.

Lingerie sexy

“Depois do sexo, sua pele tende a ficar quente e úmida, graças à transpiração, às secreções vaginais e ao sêmen”, comenta Leslie. Por isso, neste momento ela precisa “respirar”. Pensando nisso, você pode até usar uma lingerie de algodão, mas nem pense em vestir qualquer peça ou coisas de nylon, rayon ou poliéster na região íntima. “A vagina gosta de ar para respirar”, diz Lã.

Fonte: Delas – iG @ https://delas.ig.com.br/amoresexo/2017-02-28/5-coisas-depois-sexo.html


Higiene íntima correta na gravidez diminui risco de candidíase

A higiene íntima na gravidez merece especial atenção por parte da grávida, porque com as alterações hormonais, a vagina torna-se mais ácida, aumentando o risco de infecções como a candidíase vaginal que pode levar a parto prematuro.

Por isso, a higiene íntima na gravidez deve ser feita 1 vez por dia, todos os dias, com água e produtos de higiene íntima próprios para grávida, neutros e hipoalergênicos. É recomendado o uso de sabonetes líquidos em vez de sabões ou sabonetes em barra, que devem ser evitados.

É muito importante que a grávida fique atenta a alguns sinais que possam indicar infecção vaginal, como corrimento, odor, coceira ou ardência. Se eles estiverem presentes, a grávida deve ir ao obstetra para avaliação e indicação do tratamento adequado.

Higiene íntima correta na gravidez diminui risco de candidíase

Como fazer a higiene íntima na gravidez corretamente

Para fazer a higiene íntima na gravidez a gestante deve lavar a região íntima de frente para trás, pois com o movimento contrário pode haver transporte de bactérias do ânus para a vagina.

Para cuidar da higiene íntima na gravidez, a grávida deve ter certos cuidados como:

  • Lavar a região íntima com um sabonete líquido neutro, hipoalergênico, sem perfumes ou desodorantes;
  • Evitar o uso de produtos irritantes da região íntima como duchas vaginais, absorventes diários, desodorantes ou lenços umedecidos;
  • Usar papel higiênico branco, sem perfumes;
  • Lavar as mãos antes e após ir ao banheiro;
  • Usar calcinhas de algodão próprias para grávidas e roupas largas;
  • Não realizar a depilação total da região íntima, fazendo-a só pela linha do biquíni;
  • Evitar ficar com o biquíni molhado por muito tempo.

Estes cuidados devem ser diários e mantidos durante toda a gravidez.

Produtos de higiene íntima na gravidez

Alguns exemplos de produtos de higiene na gravidez são:

  • Sabonetes líquidos íntimos da Dermacyd que custam entre R$15 a R$19;
  • Sabonete íntimo líquido para gestante da Lucretin em que o preço varia entre R$10 a R$15;
  • Sabonetes líquidos íntimos da Nívea que custam de R$12 a R$15.

Estes produtos devem ser só usado pela grávida e a tampa deve ser sempre bem fechada depois de cada uso.

 


Gostou da matéria? Deseja saber mais sobre produtos eróticos e como comprá-los, visite nosso blog ou loja virtual: https://www.pimentinhasexshop.com.br ou pelos WhatsApp (22) 99754-5124 e (21) 96746-6451

Fonte: http://delas.ig.com.br/amoresexo/2016-11-10/cuidados-partes-intimas.html

#higieneintima #saude #pimentinhasexshop #sexshop #produtoseroticos #sexy #araruama #regiaodoslagos #cabofrio #buzios #arraialdocabo #saquarema #niteroi #riodejaneiro

Faça um comentário