No Brasil são mais de 50 milhões de evangélicos e o mercado vem crescendo.

Parece estranho ver na mesma frase essas duas palavras, sex shop e evangélico, mas na vida real, essas duas palavras estão juntinhas e vem dominando o mercado.  Segundo o IBGE, o país hoje conta com mais de 50 milhões de evangélicos e, com isso, um novo mercado vem crescendo e conquistando espaço, com lucros que chegam até R$ 1,17 bilhões por ano.

Diferente do sex shop comum, o empreendimento evangélico tem um outro tipo de proposta e os produtos precisam seguir algumas regras. Todos os produtos devem ser feitos para casais heterosexuais e que sejam casados formalmente, também não podem ser usados em sexo anal, masturbação e nenhuma outra prática anti-cristã. As lojas tem como objetivo defender o casamento e não deixar que o fogo da paixão se apague.
Os produtos que não são muito diferentes de um sex shop tradicional, você irá encontrar nas lojas religiosas lubrificantes, vibradores, lingeries que valorizam a feminilidade da mulher.  Contudo, existe um certo cuidado com as embalagens e com os nomes dos produtos. De acordo com a Abeme (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual),  existem hoje 11 mil pontos de vendas no Brasil.

Quer conhecer mais sobre o ramo erótico? Conheça nosso site: http://www.pimentinhasexshop.com.br

FONTE: http://www.1news.com.br/

Faça um comentário